Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Será que o FCPorto está a perder-lhe o jeito?

Se a contratação do passe do jovem atleta Danilo, ao clube brasileiro Santos foi aparentemente um bom negócio desportivo, já a forma como aquele entra no FCPorto está a pôr à vista uma fraqueza jamais vista pelo lado do Dragão. Um  atleta aparentemente cobiçado pela mourama, acabou, à semelhança de muitos outros, no Estádio do Dragão. Imperou, como parece, a normalidade. 

Agora, os contornos do negócio já parecem (são) surrealistas.
  1. A verba paga pelo passe: 13 milhões, até podem ser relativos num futuro próximo, mas que foi  demasiada fruta mesmo para a jovem promessa brasileira, lá isso foi;
  2. Por tal verba, permitir que o jogador chegue a meio da época é inacreditável;
  3. Perceber que foram pagos uns obscenos 4.8 Milhões em comissões, levando o total da transferência para uns impensáveis 17.8 Milhões de euros, já começa a ter contornos escuros..
  4. Perceber que afinal o ridículo (mau) contrato ainda previa que afinal dirá que o moço poderia acabar mais 6 meses no Santos;
  5. E por fim, sob o achincalhamento e a chantagem do Presidente do clube brasileiro, emprestar, sem receita gerada, e ainda por cima pagar os salários de Fucile, essa não lembra a ninguém!
Grosso modo, falamos de um (mau) negócio para o FCPorto: 17,8 milhões de euros por um defesa!!! que apenas chega a meio da época e ainda ceder e pagar os salários de Fucile (durante 1 ano)!!!!
Grande Negócio... do Santos. 

Sendo verdade, a SAD, ou os bacanos que gerem estes negócios foram uns verdadeiros tótós! 
Que péssimo negócio! Diria mesmo que se trata de "gestão danosa"

0 comentários: