Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

A espera...

Facto:
Um professor de Matemática de 63 anos, que expulsou uma aluna da sala de aula por estar a perturbar a lição, foi agredido à frente da escola por alegados familiares da estudante de 6.º ano.

Comentário:
Trata-se da "tradicional" espera, muito típica de certos sectores da população escolar que normalmente fazem o que querem e o que lhes apetece, sem que dai resultem quaisquer tipo de consequências.

Consequência:
A aluna regressou normalmente às aulas, apoiada por umas actividades de integração, e os familiares continuarão as suas actividades normais, que não deverão ser muito laboriosas tendo em conta a disponibilidade para estarem de prontidão às 14 horas na porta de uma escola para agredirem um docente. Quanto ao professor, termina a sua carreira na pior das situações: para além das mazelas físicas e psicológicas resultantes das agressões, ainda terá de ver o sorriso trocista da estudante na próxima aula que leccionar à turma. É assim que Portugal trata os seus professores.

0 comentários: