Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Mamar um golo aos 20 segundos depois de saída de bola nossa?

Nem numa equipa amadora!
É só abébias!
Que incompetentes!

Competição após competição, o FC Porto agoniza um pouco mais e morre lentamente, em lume brando, sem brilho nem glória.
Que tristeza de época: má gestão da SAD, má orientação técnica, pouca vontade dos activos e muita acção "externa" minam o trabalho e o prestígio da temporada passada... Que raio...

1 comentários:

caro Kosta, caríssimas(os),

não acredito que haja um só portista feliz, hoje.
é verdade que o resultado peca por excesso - três golos sofridos nos quinze minutos finais e com menos um jogador em campo durante os noventa (Varela desde o início e até à sua substituição; Rolando pela inusitada expulsão).
mas ainda não me convenci desta eliminação ante uma equipa que considero estar ao nosso alcance - e com todas as vedetas que enriquecem o seu plantel e as £ibras que por lá se jorram.

por último e não menos importante, o meu sentido muito obrigado! à fantástica e entusiástica massa adepta deste enorme clube que é o FC Porto e que se fez sentir durante todo o encontro.
vocês foram inexcedíveis, car@go!

somos Porto!, car@go!
«este é o nosso destino»: «a vencer desde 1893»!

saudações desportivas mas sempre pentacampeãs a todos vós! ;)

Miguel | Tomo II