Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Luis Amado: mais um


Luís Amado, antigo ministro: vice-presidente do Conselho Geral e de Supervisão da chinesa EDP. 


Depois de ter presidido à calamitosa falência do BANIF e de ter apadrinhado a entrada da Guiné Equatorial na Comunidade de Países de Língua Portuguesa - recebeu este prémio. 

Torna-se, assim, mais um dos destacados exemplos do tráfico de influências da política nacional. 
A par de 

  • Paulo Portas, 
  • Eduardo Catroga, 
  • Seixas da Costa, 
  • António Vitorino, 
  • Teixeira dos Santos, 
  • Maria Luís Albuquerque, 
  • Matos Correia, 
  • Pedro Pinto, 
  • Marques Mendes, 
  • Luís Filipe Meneses, 
  • Maria de Belém Roseira, 
  • Miguel Frasquilho, 
  • Valente de Oliveira, 
  • Diogo Feio, 
  • Assunção Cristas, 
  • Manuela Ferreira Leite, 
  • Calvão da Silva, 
  • Adolfo Mesquita Nunes, 
  • Celeste Cardona, 
  • Altino Bessa, 
  • Manuel Isaac, 
  • Paulo Rangel, 
  • Luís Parreirão, 
  • Paulo Mota Pinto, 
  • Joaquim Ferreira do Amaral, 
  • José Pedro Aguiar Branco, 
  • Lobo Xavier, 
  • Durão Barroso, 
  • Vitalino Canas, 
  • Jorge Pedreira, 
  • Vera Jardim, 
  • José Sócrates, 
  • Dias Loureiro, 
  • Armando Vara (CONDENADO A PENA DE PRISÃO MAS QUE ESTRANHAMENTE CONTINUA SOLTO - será por ser socialista?)
  • Miguel Relvas, 
  • Couto dos Santos, 
  • Almerindo Marques, 
  • Pina Moura, 
  • Jorge Coelho, 
  • José Luís Arnaut, 
  • Mendes da Silva, 
  • Duarte Lima, 
  • Nuno Morais Sarmento... 

entre muitos outros, da lista interminável e crescente de políticos e ex-políticos que usam a política para singrar nos negócios; e não têm um pingo de vergonha na cara. 

0 comentários: