Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

Pedrógão Grande : CRONOLOGIA DE UM CRIME

9 Junho 2016
Governo retira a Força Aérea do combate a fogos.

14 Agosto 2016
António Costa: Verbas para combate a incêndios são desviadas da Segurança Interna
28 Agosto 2016
Depois do governo de Passos ter conseguido 50 milhões da UE para a compra de aviões de combate aéreo, António Costa recusa esse dinheiro.
2016
A maior área ardida num ano no país - 160.490 hectares de área ardida, entre povoamentos (85.785 ha) e matos (74.705 ha).
ABRIL 2017
António Costa anuncia que os Helicopteros Russos Kamov, só voltariam a ser utilizados em 2018, devido aos elevados custos de manutenção
18 Maio 2017
António Costa: Bombeiros vão de autocarro ou comboio combater incêndios.
Maio 2017
Bombeiros voluntários admitem usar os seus Machados de Paz em Machados de Guerra, devido à "nunca antes conhecida carência de meios de combate aos incêndios"
18 Junho 2017
Morrem dezenas de pessoas, António Costa e Marcelo Rebelo de Sousa dizem que o combate ao incêndio correu dentro da normalidade.

1 comentários:

Boa noite, Kosta de Alhabaite

Infelizmente é um crime que vai ficar impune...

Mas enquanto o negócio dos incêndios existir, nada vai mudar...

Conheço a Beira alta e Beira baixa bem, pois vivo em Castelo Branco, e é uma zona cada vez mais desertificada, votada ao abandono pelo poder central de Lisboa.


Quem, como aponta muito bem no seu Post, foi o responsável por estas ultimas mudanças devia responder perante a justiça, mas isso era se Portugal fosse um Pais a sério.

Mas o poder corrompe, os jogos de interesses são muitos, e até aposto que isto vai continuar igual, com uma ou outra medida que se vão fartar de anunciar, mas que na realidade não passará do papel...

É mais importante salvar bancos, banqueiros e os seus amigos políticos do que investir a sério em Portugal.

Cumprimentos Portistas, Gil Lopes