Kosta de Alhabaite

Nortenho, do Condado Portucalense

Se em 1628 os Portuenses foram os primeiros a revoltar-se contra o domínio dos Filipes, está na hora de nos levantarmos de novo, agora contra a colonização lisboeta!

O Metro do Porto - dois pesos e duas medidas

Sabemos que apesar do Metro de Lisboa ter começado a ser construído em 1959, conta hoje com apenas quatro linhas e 44 estações num total de 36,5 quilómetros. Estes valores representam cerca de metade da actual rede do Porto feita em apenas seis anos.

Sabemos também, que de acordo com os estudos divulgados e outras notícias que vêm sendo veiculadas pela comunicação social, são enormes os prejuízos e derrapagens constantes no Metro de Lisboa.

Por tudo isto a Junta Metropolitana do Porto, enquanto accionista maioritário da empresa Metro do Porto e membro do seu Conselho de Administração, tem questionado o Governo sobre os seguintes factos concretos:

- Os investimentos efectuados e os critérios de expansão no metropolitano de Lisboa, e o sucessivo adiar da construção da 2.ª fase do Metro do Porto.

- O custo do quilómetro em Lisboa e no Porto. A título de exemplo, pode dizer-se que o custo de uma estação em Lisboa corresponde a cinco no Porto.

- O Metro da capital ter bilhetes mais baratos

- O Metro de Lisboa ter vindo, sem grande polémica, a ser pago pelos sucessivos governos, enquanto o Metro do Porto se vê confrontado com repetidas ameaças da tutela e com relatórios de certas entidades (tribunal de contas) no mínimo, muito pouco éticos, deturpando números e omitindo factos relevantes - (
ler aqui).

0 comentários: